quinta-feira, 16 de agosto de 2007

JOCA FARIA ENTREVISTA CÉSAR POPE

















Entrevista Cesar Pope

Quem é onde nasceu?


Eu nasci a dez mil anos atraz. Depois reencarnei em
Assis, no interior de Sao Paulo. Terra de in-cultura
agropecuaria, coroneis da soja e pouca coisa mais,
alem de ser rota do narcotrafico. Mas na verdade me
sinto cidadao do mundo e co-responsavel pelo planeta
Terra. Nascer ali foi uma sorte. eu poderia ter
nascido mulher no Bangladesh, ter tido o clitoris
cortado e pegar colera no lixao, depois de ser
queimada com acido pelo meu proprio marido. Isso sim
seria uma vida triste. Nao reclamo de nada. Boca de
siri.


Que pais é este?

Moro num pais tropical. Pais com uma das piores
classes politicas que existe no mundo, e olha que nos
sempre lutamos contra isso. Passamos dos coroneis do
engenho aos engenheiros da corrupçao sem intermedios.
O Brasil é um gigante com pes de barro e atolado na
merda. Gente bonita mas sem cabeça. Gente com cabeça
mas sem pernas proprias. Um espelho embaçado da
globalizaçao dura e crua. Eu sinto uma mistura de amor
e odio pela nossa gente e pela nossa cultura.
Banalizaram tudo.
Sabemos que todos nos brasileiros, temos mea-culpa
dessa situaçao.


Como a Europa vê os latinos americanos?

Soy loco por ti America. Eles nos vem com olhos
grandes pois aqui estao as riquezas que eles espoliam
e assim podem manter o status primeiro mundista. O
FMI, a Europa, USA e Japao sao responsaveis por muitos
dos nossos problemas de atraso cultural e social.
America Latina é o jardim e o horto do primeiro mundo,
vendendo sempre seus produtos, a preço de banana e
comprando a merda deles a preço de ouro. Enquanto isso
a ditadura chinesa segue explorando seus cidadaos e
enchendo o mundo de coisas inuteis ou de pessima
qualidade, com a benevolencia do sistema.


O que foi a Radio Aguapé?

Essa é pra tocar no radio. Foi um importante encontro
de pessoas inquietas, num momento de marasmo e
desilusao em Sao Jose e Vale do Paraiba, coisa que nao
mudou muito daqueles tempos pra ca. Dali sairam muitas
ideias e projetos que duram até hoje. Nossa missao foi
de dar voz e criar condiçoes para a cidadania se
manifestar como autenticos protagonistas de suas vidas
e da nossa sociedade. Alem de ser tambem a utopia
feita no dia a dia a base de orgias multietnicas e
longas noites de prazer e alegria. Quem viveu gostou.


Quem são os loucos, eles ou nós?

Dizem que sou louco por eu ser assim. Nos somos os
loucos saudaveis e inocentes. Consumimos nossas drogas
sem fazer mal a ninguem e cantamos a celebraçao da
vida, do amor e da paz. Eles so querem poder mas nao
sao felizes. A gente relaxa e goza. Eles nao relaxam
nem gozam. Them belly full but we hungry. Podres
poderes, a religiao, a politica e os banqueiros. Fuck
off.


Política, o que fazemos para melhorar?

Policia para quem precisa de policia. Nao votar é um
mecanismo valido. A politica partidaria ja demostrou
que nao soluciona nada. O poder corrompe.
Devemos participar cada vez mais da vida social e
comunitaria tentando ajudar os mais carentes, sempre
com a meta de que uma sociedade culta nao passa fome.
Quem manda na verdade nao sao os politicos. Eles sao
meros fantoches das grandes corporaçoes
multinacionais, no Brasil, na Italia e em todo o
mundo.Ideologia, eu quero uma pra viver.


Onde, jogaria uma bomba poética?

No Vaticano, na Mecca e em Israel. Uma bomba cheia de
poesia, musica e cores, que fizesse Boom-bah-meu boi e
espalhasse um perfume de alecrim, incenso e curry. As
religiões, a política e as multinacionais são a
demoníaca trindade que causa tanto sofrimento aos
povos de todo o mundo.


A humanidade tem futuro? Que futuro?

Bichos saiam dos lixos.Eu vejo o futuro repetir o
passado. Ja nao temos tempo pra pensar em futuro. O
melhor lugar do mundo é aqui e agora. Os mares vao
subir, a agua dos rios vai baixar, as epidemias ja
estao ai na esquina, os poderosos sao cada dia mais
poderosos e o povo, cada dia mais ignorante e
vulneravel. Deveriamos pensar e fazer no presente se
queremos ter um futuro. O passado ja sabemos que foi
melhor.


Para você, o que é São José dos Campos?

A cor dessa cidade sou eu.O canto dessa cidade é
meu.Um polo industrial com altos voos e baixos
salarios. Poucos ricos e muitos pobres
socioculturalmental. Ainda bem que existem os anjos
encarnados em artistas que fazem dessa cidade seu
ninho porque senao seria desolador. Nossa cidade
sempre foi um espelhismo do Brasil. Um jardinzinho da
burguesia rodeado por um grande anel de ignorancia e
pobreza de espirito. Como beleza natural é explendida,
pelo menos isso né? O por do sol....


Finais considerações:

Afinal, se ja perdemos a noçao da hora. Considerando o
limitado espaço de uma entrevista, eu gostaria de
dizer que sou muito otimista e adoro SanJusa. A minha
lista de pessoas lindas dessa cidade é enorme por isso
nao cabe aqui. Faz 17 anos que estou fora mas sempre
que volto me sinto em casa. Adoro andar pela cidade e
encontrar pessoas que fizeram e fazem ainda, parte da
minha vida. No que toca a humanidade, ela caminha
manca, guiada por um cego sem voz. O jeito é ligar pra
alguem e pedir um abraço.


http://cesarpopevirtual.blogspot.com/

http://www.myspace.com/radiocesarpope

Um comentário:

Rynaldo Papoy disse...

Muito boa a entrevista, parabéns.