terça-feira, 28 de agosto de 2007

O MUNDO DE BETH


O mundo de Beth

Joca Faria

A poesia nossa de cada dia.
Estou curtindo a diversidade poética de São José Dos Campos no mais recente cd de poesia que gravamos e nos deparamos com pérolas da poesia contemporânea feita em nossa cidade. Estamos aprendendo muito com diversidade de talentos. A boa poesia na terra de Cassiano Ricardo. E isto vem acontecendo há muito tempo... Estou conhecendo bem esta historia através do blog da poeta Beth Souza que esta relatando as movimentações culturais realizadas na Praça Afonso Pena. Uma praça central na cidade é o coração da cidade. Vejam por si mesmo entrando neste maravilhoso mundo de Beth: http://mundodebeth.blog.terra.com.br
Nos anos noventa produzimos o LITTER e o Poesia Industrial, ambos com a apoio da antiga comissão de literatura da Fundação Cultural Cassiano Ricardo e do seu departamento de Ação Cultural.
Hoje nasce o jornal "O Grito" de Maira Varela e também uma bela revista a "Fragmentos", editada pelo cineasta Marcelo Magano... E se todos permitirem chegará em 2007 um jornal de literatura e artes produzidos pelo grupo CULTURAL CIDADE DAS PALAVRAS com a força e garra dos mesmos.
A JAC, gráfica e editora vem editando belos livros em nossa cidade e não devemos esquecer da já famosa PAPERCROM que também edita bons livros.
O grupo cultural Cidade das Palavras almeja ser uma ong editorial produzindo livros e vídeos e retratando nossa historia e poesia. Hoje, com o advento da internet, a poesia flui cada vez mais forte em todo nosso planeta e nós, joseenses, nunca ficamos de fora. Aconteceu, durante o ano de 2006 e continua em 2007, sarais em bares da cidade, como o Pimenta e o Rapsódia Bar e na Vila Tatetuba com o Bardos Bar. Grupos poéticos vem surgindo como a Confraria dos Artistas com vários eventos. A Fundação Cassiano Ricardo com o Projeto Pão com Palavra e o retorno das antologias e a Semana Literária. Nossa poeta Josie com o já tradicional Café Filosófico Paulo Nubile. É tudo isso acontece em São José dos Campos no campo das letras, mas falta o retorno a Praça Afonso Pena. Falta uma maior interatividade dos escritores e poetas de nosso Vale. Nosso grupo faz encontros na Câmara Municipal da cidade buscando esta união, através de palestras e debates. Estar presente é muito mais do que só estar no mundo virtual. Façamos a festa juntando-nos numa grande celebração ao renascimento da poesia.

João Carlos Faria

Nenhum comentário: