sexta-feira, 19 de outubro de 2007

JOCA FARIA ENTREVISTA BETE BINO














Joca entrevista Bete Bino


Quem é? Onde nasceu?
Sou Bete Bino , sou joseense, aprendi na vida ser um agente cultural, atriz, educadora social, atualmente sou mosaicista e secretaria. Gosto de mar, da água da cachoeira, da chuva fina que cai do telhado. Não seria nada se não fosse meus filhos.

O que é ser atriz?
Ser atriz é viver personagens que possam transmitir as pessoas o lúdico, o imaginário e despertar a conscientização de determinados assuntos importantes como: A preservação do nosso Rio Paraíba, a importância da reciclagem do lixo, e como tantos outros temas importantes para a valorização da vida humana. O Teatro tem essa magia!

Cinema e vídeo, porque parou?
Não parei, a produção apenas está mais lenta, estou aguardando recursos/equipamentos para continuar, breve estará sendo lançado um DVD do Trem da Viração que participei.

Como vê a questão da ação cultural hoje?
Ação Cultural sou eu, é você, somos todos! É um trabalho de formiguinha que continua crescendo...embora cada um no seu caminho, aos poucos vem agregando novas pessoas, novas maneiras de fazer arte. O sentimento ainda está vivo! Só que agora não dependemos mais de nenhuma instituição, que é até bom, dependemos de nós mesmo para não deixar morrer jamais esta chama! Desde que iniciou esse processo de Ação cultural, ela está o todo tempo em transformação.

Política, na sua opinião. para que serve?
Política é muito importante para reger os tramites das cidades, dos estados, do nosso país, do universo...uma pena que nem todos que estão nela sejam sérios! Gosto dela! É um meio de buscar a transformação social, pra isso temos de nos familiarizar com ela, não adianta só recriminá-la, é preciso enfrentar esta barreira, e usá-la de uma maneira séria e revolucionária, e se possível buscar novas maneiras de fazer política.

Como defender o direito das crianças? Fale das suas experiências no Cedeca? O que é o Cedeca?
Defendemos o direito das crianças primeiramente tendo conhecimento do Estatuto da Criança e do Adolescente, e depois tentando ajudar valer este estatuto, podemos começar por dentro da casa da gente mesmo, depois fora como educador ou voluntário, com seu visinho, no supermercado, na venda, na comunidade em que se vive.
O Cedeca - Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente. são regidos por três principais projetos: Assessoria Jurídica gratuita a familia; Direitos Humanos - suporte a atos infracionários e Projeto Refazendo Vínculo - adolescentes que estejam rompendo vínculo com seus familiares na busca de reintegrá-los a sociedade.

Como é morar na bucólica Monteiro Lobato?
É um desafio! Temos uma missão muito importante lá. Podemos falar disso depois, agora ainda é segredo! rsrsrs
Bom, Monteiro Lobato é uma cidade muito bonita! A comunidade é muito boa, a cidade é calma, as crianças brincam a vontade, aos finais de semana descanso a sombra de uma árvore em frente a uma cachoeira, na verdade, sou meio turista lá, porque venho todos os dias para São José pra trabalhar, saio cedo e só chego a noite, a sim, o silêncio noturno é maravilhoso, traz um sono tranquilo e pala manhã, ao despertar, muitos pássaros cantam e todos livres avisando que o dia clareou, é pura poesia! Monteiro Lobato é um refúgio!

Consideraçoes finais:
Só mesmo com o passar da carruagem é que vamos nos encontrando, sem perder a essência, sem temer grandes fronteiras, sem apagar o riso, sempre buscando ajudar o próximo e sempre buscando a comunhão com o nosso Divino Mestre! Obrigada!

Nenhum comentário: