sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

POESIA DE MARCELO FERNANDES

ALMA FEMININA

“Oh alma sensível,

doce como mel,

delicada como a pele,

sente as brisas e

exalam seu perfume, seu cheio doce...


Oh alma feminina,

tão simples e delicada,

tão sensível e decidida a ser

a rosa mais linda do jardim...

Os olhos não tiram seu foco,

Vê que beleza envolvente,

Cativa, anima e dá prazer...



Faz viver, o profundo ser

de uma alma sensível,

de um puro brilho de ser mulher!”


Marcelo Fernandes dos Santos

São José dos Campos - 2007

Nenhum comentário: