terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

PAPOULA

Papoula

Na perda dos sentidos em sentidos
De teus encantos criarem meus prazeres
Feitos de ilusões dos amores proibidos
Em corpo de alma livre de pesares

No mistério do invisível bailado
Do corpo nu com olhares interiores
Sem enganos em planos do lado a lado
O ópio não traz medo dos viveres

Igual volta ao paraíso temer adeus
Das mãos dadas no vôo do escolhido
O gozo nasce de devaneios meus e teus

Em meio do meio risco ser esquivo
Ao desejo do amante pretendido
Na flor da Papoula fico nativo

E preso ao poeta, no criar entrelaço!

Ramoore


Obs.

As flores da Papoula representam fertilidade, ressurreição, sonho, extravagância, fragilidade e beleza efêmera.

Suas cores também possuem significados isolados, como: vermelha – prazer e extravagância,

sendo utilizada quando há o desejo por um amor fora do comum;

flores amarelas – é relacionada á saúde e ao sucesso;flores brancas – relaciona-se ao consolo,

segundo a mitologia por ter sido criada pela deusa Céres,

para abrandar sua dor enquanto procurava por sua filha Prosperine.

A Papoula de flores brancas é também recomendada como presente para pessoas que têm dificuldades com insônia.

....................

Ópio – aquilo que causa entorpecimento moral

Nenhum comentário: