sábado, 15 de março de 2008

DO BLOG DO TICO STA CRUZ

3horas e 36 minutos


Meu universo mudou
É a poesia
Que invadiu minha vida
E transformou em um novo dia
Agora recebo e-mails de poetas, escritores.
E tomo conhecimento de saraus e encontros fantásticos.
E aprendi a de ler, pois já gostava de escrever, mas para escrever sem ler é necessário muito talento, identifico meus limites, a poesia me mostrou caminhos que não conhecia , escolho atalhos ou longos percursos, estava eu pensando sobre isso outro dia.

Esse lance de tempo.
Uma conversa sobre viajar por ele.
Voltar e descobrir coisas sobre outras vidas.
Será que existiram outras ou talvez venha há existir algum dia?
E das pessoas próximas que relataram experiências de regressão.
Nunca ouvi alguém dizer que foi um fracassado, fudido.
Talvez um soldado ou um mendigo.
Quem sabe um mago maldito.
Mas já ouvi testemunhos de reis, rainhas, imperadores, gente rica e poderosa.
Ninguém passou incólume pelo planeta.

Foi então me atentei ao fato de que no futuro algumas pessoas possam vir a usar esses recursos pode ser que ninguém acredite que tive uma banda de Rock e fiz shows por todo um país. Que recebi e-mails de poetas e escritores importantes. Que ousei tentar escrever poesia. Vão desconfiar de mim. Talvez usar do mesmo argumento.
E se por acaso essa linda profissional do sexo que derrubou um Governador de Nova York vier a relembrar disso numa dessas viagens?
Será que alguém vai acreditar?

Tudo especulação de uma madrugada chuvosa e vazia.
Inclusive o começo deste texto que pensava em transformar em poesia.
Esse negocio de rimar ia com ia é irritante e me angustia.

Olhando umas fotos antigas fui parar num baile a fantasia.

Viu como é irritante?

Pois meu universo mudou
E trouxe de volta um brilho que já não lembrava mais.
Um brilho de harmonia de cheiro de chuva na grama molhada numa fazenda pelo interior. O clima de uma dessas viagens que fazemos com amigos e que não esquecemos jamais. O clima de paz em meio ao vendaval de experiências e pensamentos malucos.

Enfim, neste blog estará tudo registrado para um caso de nostalgia.
Gosto de olhar para o futuro, mas quando me pego no presente, ah que alegria.


Tico Sta Cruz


Nenhum comentário: